1ª Sessão Informativa

28 de Abril de 2018 | sede da ACOSP- Associação da Comunidade de São-Tomé e Príncipe

 

I Sessão Informativa

Capacitação, Direitos Humanos das Mulheres Migrantes

No âmbito do projecto “Migrações inclusivas e direitos das mulheres: informar para uma cidadania plena”, a Mén Non – Associação das Mulheres de S. Tomé e Príncipe em Portugal Promove a 1ª sessão informativa, cujo objectivo é contribuir para a capacitação das mulheres imigrantes e para a concretização de trajectórias migratórias inclusivas e promotoras de uma cidadania plena.

Palavras-chave: Direitos Humanos das Mulheres. Mulheres migrantes. Capacitação e informação.
As migrações internacionais fazem parte da pauta das atuais discussões nos debates que envolvem direitos humanos e de forma transversal, sobre os direitos humanos das mulheres, cujas pesquisas ainda são restritas, não obstante o fluxo cada vez maior de mulheres em trânsito em diferentes partes do mundo.
O presente trabalho busca então, analisar as possíveis interacções entre direitos humanos e os direitos humanos das mulheres, questionando acerca da protecção das mulheres migrantes através da informação e capacitação.

 

Oradores

Leopoldo Marques

Licenciado em Direito ,pós graduação em Legística, Mestrando e Direito das Empresas,Formação em Magistratura pelo CEJ. Advogado desde 2012 e foi professor de Direito Penal e Processual Penal na GNR.

Foi nomeado Conselheiro efetivo da parte de STP junto do ACM para o triénio 2018-2020.

 

Maria Viegas 

Maria Viegas é socióloga, neste momento aposentada, mas continua ativista em diversos
projetos ligados à defesa dos direitos das mulheres e das comunidades migrantes. É presidente
da Assembleia geral da UMAR. Integra o grupo organizador dos encontros regionais pelo fim
da Mutilação genital feminina.
Foi emigrante em Luxemburgo e em França antes do 25 de Abril. Ajudou a fundar o Jornal
Português, que denunciava o fascismo e o colonialismo em Portugal..

 

Maria Maomé Smith

Lorem ipsum est fermentum litora quis conubia gravida, consequat dapibus consequat mollis venenatis justo eget, habitant nulla conubia elementum himenaeos tempor. arcu eros convallis porta turpis etiam ultricies consequat aptent, mi neque amet ac dui fusce fermentum maecenas fermentum, aptent euismod nibh gravida est phasellus maecenas.

 

 Maria Magdala

Nascida na cidade de Arapiraca, Estado de Alagoas, Brasil,foi co-fundadora e desde sempre Presidente da Associação Comunidária cuja missão está centrada nos Direitos Humanos de TODAS as mulheres 

 

Materiais Publicados

Galeria de imagens